Reino da Tristânia (II)

Todas as batalhas pareciam-lhe inúteis comparadas à sua verdadeira conquista… eternas lágrimas de abandono. Eleazar assim escreveu:

“Sento-me, com a alma pesada, no trono dos velhos príncipes. Hoje, jazem no único pedaço de terra herdado após toda a perda que a felicidade de Eros lhes trouxe.”

Anúncios

~ por Tiago Pinto em Abril 25, 2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: